NÃO É PARA POUCOS.

NEM SÓ PARA ALGUNS.

NÃO É PARA ESSE OU AQUELE.

NEM PARA MUITOS.

NÃO É PARA QUASE TODOS.

É PARA TODOS.

NÃO É PARA POUCOS.

NEM SÓ PARA ALGUNS.

NÃO É PARA ESSE OU AQUELE.

NEM PARA MUITOS.

NÃO É PARA QUASE TODOS.

É PARA TODOS.

© Al Hamdan, do Studio H
PARATODOS VEREM:
Há um bloco de texto e uma foto logo abaixo de várias crianças com e sem deficiência.
As crianças estão enfileiradas, lado a lado, todas sorridentes. Algumas estão com os braços levantados, outras abraçadas. Estão vestidas com roupas coloridas.
Bloco de texto, no alto, à esquerda, sob fundo branco, está escrito em preto com letras maiúsculas: Não é para poucos. Nem para alguns. Não é para esse ou aquele. Nem para muitos. Não é para quase todos. É para todos.

Não é só para alguns, não é só para aquele ou para aquele outro. Não é só para poucos ou para muitos. É para todos. Porque todos têm os mesmos direitos. Vamos juntos fazer do mundo um lugar Paratodos, onde ninguém fica para trás.

O movimento Paratodos tem o objetivo de promover a inclusão, provocando reflexões, propondo ações e gerando mudanças – conscientes e consistentes – em toda a sociedade (comunidade, escola, empresa, governo).

CONHECIMENTO

Para promover uma mudança efetiva, é preciso informação, conhecimento. Este é o foco do Paratodos.

CULTURA

Queremos difundir e ampliar a cultura inclusiva, sensibilizando o maior número de pessoas sobre o universo da deficiência.

INCLUSÃO

Somente construindo uma cultura inclusiva é possível criar uma sociedade que respeita a diversidade.

EVENTOS

Grupos de Estudos

Roda de Conversa